domingo, 15 de novembro de 2009

Trácia

A Trácia é uma região histórica do sudeste da Europa. É banhada, a leste, pelo Mar Negro e pelo estreito do Bósforo; ao sudeste, pelo Mar de Mármara; e ao sul, pelo estreito do Dardanelos e pelo Mar Egeu.


A Trácia (em sombreado vermelho) e as fronteiras atuais da Grécia, da Bulgária e da Turquia


Fronteiras da Trácia

Na Antigüidade helenística, teve por limites terrestres o Rio Nestos (que deságua próximo à ilha egéia de Tasos) e as margens do Danúbio. Mais tarde, com o estabelecimento da província da Mésia Inferior pelos conquistadores Romanos, os limites setentrionais da Trácia foram recuados às montanhas do Haimos.

História

A Trácia foi um grande corredor natural para os povos Indo-Europeus que passavam em direção à Grécia (Aqueus, Jônios, Eólios e Dórios) ou à Anatólia (Hititas, Frígios, Celtas). Foi povoada pelos Trácios, que deram o nome ao país, e sofreu invasões pelos Citas.

Foi conquistada pelo general persa Mardônio que a incorpou ao Império de Dario em 512 a.C.. Segundo Heródoto, a Trácia formou a satrapia III-B do Império Persa, até ser abandonada pelos iranianos em meados do século V a.C.. Formou-se aí então um reino, no leste do país, sob os governos, consecutivos, de Hebryzelmis, Cótis e Cersobleptes; este último tentou unificar todos os Trácios sob seu domínio, mas foi derrotado por Filipe II da Macedónia, que conquistou-lhe o país.

Com a morte de Alexandre, o Grande (filho de Filipe II) em 323 a.C., a Trácia foi legada ao seu general Lisímaco em seguida à partilha do Império Macedônico.

Tardiamente anexada ao Império Romano (no ano 43 a.C., isto é, quase duzentos anos após a conquista da vizinha Macedônia por Roma), a Trácia acabou por tornar-se na região mais importante do império, em função da transferência da capital para Constantinopla. Nos extertores do Império do Oriente, era a Trácia, além de alguns exclaves e ilhas, tudo o que restava do velho Império.

Para os Otomanos, Trácia e Rumélia (nome relativo a Roma, isto é, ao Império do Oriente) eram topônimos que se confundiam. Da Rumélia Otomana também fazia parte a Macedônia.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário: